Independentemente do segmento de atuação da sua franquia, para apresentar bons resultados, você deve ter uma gestão financeira eficiente. Um dos primeiros passos é você entender os gastos mensais e como eles se comportam na sua franquia, podendo ser os gastos  fixos ou variáveis . Para te ajudar vamos explicar a diferença entre cada um.

Gastos variáveis

São todos aqueles que sofrem alterações diretas de acordo com o faturamento da franquia, ou seja, quanto maior o faturamento maiores os gastos. Exemplos de gastos variáveis são: matérias-primas, comissões de vendas, impostos, frete, royalties etc.

Gastos fixos

São todos aqueles que não são impactados diretamente pelo faturamento. Ao contrário do que muitos acreditam, os fastos fixos não necessariamente precisam ter o mesmo valor todo mês.

Exemplos de gastos fixos são: aluguel, folha de pagamento, mensalidade do contador, mensalidade do software e etc. Notou que são gastos em que os valores podem flutuar mensalmente?

 

Dica rápida para você classificar os gastos fixos ou variáveis da sua franquia:

Se o faturamento da franquia dobrar em um determinado mês, o gasto (que está em análise) dobra também?

Se as vendas da franquia tiverem redução de 50%, o gasto terá seu valor também reduzido em aproximadamente 50%?

Se as respostas forem positivas, é porque se trata de um gasto variável. Se não, mesmo que exista alguma pequena variação, será melhor classificar o gasto como fixo, pois um gasto fixo é mais fácil para ser controlado do que gasto variável.

Acompanhe todos os gastos fixos mês a mês e vejam como eles se comportam, e o mais importante: identifique o motivo que ocasionou o aumento ou economia na conta.

Para os gastos variáveis, como o valor muda a cada mês, visto que são diretamente impactados pelo faturamento, a melhor forma de estabelecer bons parâmetros para controle será definir o percentual do faturamento (%) que o gasto representa.

A correta gestão financeira de uma franquia se faz ainda mais necessária do que em um negócio convencional, afinal você não está gerindo somente a sua unidade e sim planejando o modelo de gestão que será seguido por inúmeros futuros franqueados que irão se basear nessas informações para conseguirem replicar o seu negócio de sucesso.

 

Coloque a mão na massa

Agora que você já entende melhor a gestão financeira, é hora de colocar a mão na massa, afinal Redes de Franquias de Sucesso obrigatoriamente passaram por um minucioso processo de formatação, onde são definidos todos os modelos de gestão a serem replicados.

Ainda restam dúvidas? Entre em contato conosco da RZD Consultoria para conhecer melhor todo o processo de formatação de franquias e encontre o seu caminho para crescer com segurança.

 

Leave a Reply